Abelhas

Sob o lema “Cuidar das Abelhas é Cuidar do Nosso Futuro”, o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER), promoveu, em Maputo, nesta quinta-feira, 20 de Maio, Dia Mundial das Abelhas, uma reflexão sobre a necessidade de regulamentar a identidade e padrões do Mel de Moçambique, um instrumento de controlo de qualidade da produção do mel e outros produtos de colmeia. O evento, realizado no Anfiteatro do MADER, foi dirigido pelo Vice Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Olegário Banze, e contou com a presença de vários intervenientes da cadeia do mel, desde apicultores, processadores, comerciantes do Mel, parceiros de cooperação, instituições públicas, privadas e de ensino, com objectivo de reflectir em torno da certificação do Mel, como uma oportunidade de acesso a mercados de maior valor (nacional e internacional) e de geração de renda, particularmente nas áreas de conservação ambiental.

Mais de 1500 famílias rurais, praticantes de agricultura familiar e beneficiárias do Projecto de Investimento Florestal em Moçambique (MozFIP), na Província da Zambézia adoptam sistemas agroflorestais (SAF’s) nas suas machambas visando melhorar a sua produtividade e também contribuir para o equilíbrio ambiental. Mais de 900 hectares de SAFs já foram plantadas nos distritos de Mulevala, Mocubela e Gúruè, onde uma rede de extensinistas rurais do governo e dos provedores de serviço, garante a distribuição das mudas e a assistência técnica aos camponeses  para que aprendam a fazer a consociação de culturas de forma correcta. Os beneficiários estão entusiasmados e já sonham com dias melhores.

 

Picture1

WhatsApp Image 2021 02 15 at 16.43.23Mais de vinte colaboradores do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável beneficiaram de uma formação em matéria de Sistema de Aprendizagem de Acção de Género (GALS), considerado uma excelente indutora de transformações positivas ao nível familiar, contribuindo para a qualidade de vida das famílias.

MOZNORTE 3O Governo de Moçambique, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), o Banco Mundial (BM) e a Rede de Comitês de Gestão de Recursos Naturais (Rede) estão a realizar um diagnóstico qualitativo para identificar e compreender as barreiras ao acesso e participação das mulheres nas actividades de silvicultura, agricultura e outras actividades de Gestão de Recursos Naturais nas três províncias do norte de Moçambique.

CAPA VERDE MOCAMBIQUE
 
 
O SUSTENTA é um programa nacional de integração da agricultura familiar em cadeias de valor produtivas, que tem como o objectivo melhorar a qualidade de vida dos agregados familiares rurais através da promoção de agricultura sustentável (social, económica e ambiental).
 
As acções do SUSTENTA estão em conformidade com as 5 grandes prioridades de orientação do Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural: Segurança Alimentar, Rendimento Familiar, Emprego, Inclusão Social e Produção e Produtividade.

FaLang translation system by Faboba

Learn more about SUSTENTA
INTEGRATED MANAGEMENT OF AGRICULTURE AND NATURAL RESOURCES PROJECT

play
Watch the institutional video of the project

Created by: DotCom