O Governo de Moçambique (GdM), através do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER), Ministério da Terra e Ambiente (MTA) e Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas (MIMAIP), com o apoio do Banco Mundial, representado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), está a desenhar um Projecto para a melhoria das condições socio-econômicas das populações vivendo na zona norte do País com destaque para 18 distritos alguns dos quais hospedam parte da população deslocada dos distritos directamente afectados pela insegurança militar causada por terroristas na província de Cabo Delgado. O projecto é designado Projecto de Resiliência Rural do Norte de Moçambique (MOZNorte). Assim sendo, o FNDS pretende aplicar parte do financiamento para a contratação de um Coordenador Geral do Projecto.

 

Para mais detalhes queira ler os seguintes documentos:

-Anúncio_Contratação de Coordenador Geral do Projecto MozNorte  

-Termos de Referência para Contratação de Coordenador do Projecto MozNorte

O Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS) tem o prazer de anunciar os resultados da Manifestação de Interesse (MdI) referente à Chamada  “RECONSTRUINDO O TURISMO SUSTENTÁVEL FACE À PANDEMIA DO COVID”, lançada e publicada em Abril de 2021, direcionada a Empresas do Turismo cujos negócios foram afectados pela  pandemia do Covid 19 de modo  a permitir que estas recuperem e continuem a desenvolver os seus negócios e ligações com os pequenos produtores e prestadores de serviços locais nas Paisagens da Costa dos Elefantes (Maputo), Chimanimani (Manica) e, Marromeu (Sofala).  

O FNDS recebeu um total de 76 Propostas de empresas do Turismo que foram posteriormente submetidas à avaliação e análise por um Comité de Investimentos Independente, tendo sido APROVADAS 32 Empresas. As propostas aprovadas por paisagem são apresentadas abaixo:

 

Paisagem

Empresas

Propostas Submetidas

Propostas Aprovadas

% aprovações

Costa dos Elefantes

34

15

41,2

Chimanimani

14

4

28,6

Marromeu

28

13

46,4

Total

76

32

40,8

 

A lista com a indicação das Empresas pré-selecionadas por paisagem pode ser vista clicando AQUI

O Governo de Moçambique (GdM), através do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), Ministério da Terra e Ambiente (MTA) e Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas (MIMAIP), com o apoio do Banco Mundial, aprovou a iniciativa de desenhar um Programa Multifásico designado Programa de Economia Rural Sustentável (PERS)como estratégia de desenvolvimento da economia rural integrada de médio prazo, para reduzir a pobreza rural através do aumento da renda agrícola dos beneficiários-alvo e melhoria da resiliência nas zonas rurais selecionadas. Assim sendo, o FNDS pretende aplicar parte do financiamento para a contratação de um Especialista de Procurement.

O objetivo principal do Especialista de Procurement é assegurar a elaboração do Plano de Aquisições e garantir sua execução em tempo hábil para garantir o cumprimento das metas e objetivos do Programa de Economia Rural Sustentável e para os demais projectos administrados pelo FNDS.

Nesse sentido, o FNDS convida Consultores Individuais a enviarem suas inscrições para esta posição.

Para mais detalhes, queira consultar aqui o anúncio completo para a contratação de um Especialista de Procurement

O Governo de Moçambique (GdM), através do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER), Ministério da Terra e Ambiente (MTA) e Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas (MIMAIP), com o apoio do Banco Mundial, aprovou a iniciativa de desenhar um Programa Multifásico designado Programa de Economia Rural Sustentável (PERS) como estratégia de desenvolvimento da economia rural integrada de médio prazo, para reduzir a pobreza rural através do aumento da renda agrícola dos beneficiários-alvo e melhoria da resiliência nas zonas rurais selecionadas.

 

O PERS será implementado pelos três ministérios envolvidos (MADER, MTA, MIMAIP) e coordenado pelo MADER através do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS). Terá o Fundo Nacional de Economia Azul (ProAzul) como instituição fiduciária responsável pela gestão das actividades do sector das pescas e o BIOFUND (uma instituição financeira privada vocacionada para a conservação da biodiversidade) fará gestão de parte dos recursos relacionados com às actividades das áreas de conservação envolvidas nas paisagens definidas no Projecto. O resto das atividades nos sectores agrícola e de florestas serão geridas pelo FNDS.

 

Para garantir a implementação adequada das actividades do Programa, o FNDS pretende contratar consultores individuais abaixo:

 

-Especialista de Género

-Oficiais Provinciais de Matching Grant  (3)

 

Para mais detalhes, queira ler o anúcio completo

O Governo de Moçambique com o suporte do Banco Mundial está a elaborar o novo Projecto de Desenvolvimento Urbano do Norte de Moçambique (PUNM ). O projecto terá a duração de 5 anos, nomeadamente de 2022 a 2026, período antecedido de uma fase preparatória com a duração de 12 meses, ora em curso e a terminar no final de 2021.

O projecto proposto que deverá apoiar as cidades no Norte de Moçambique que enfrentam os maiores desafios de médio e longo prazo devido ao crescimento urbano acelerado dentro do contexto de fragilidade e conflito da região.Além disso, a situação actual de conflito crescente no Norte do país cria desafios para essas cidades devido a um grande número de refugiados internos que buscam nas áreas urbanas maior segurança aumentando a demanda por acesso a infraestrutura urbana e serviços básicos, terra e habitação num contexto que esses sectores estão limitados, e a inexistência de mecanismos para financiar a expansão necessária para atender a crescente população urbana.

O projecto deve ser orientado pelas políticas e normas fiduciárias e de salvaguardas do Banco Mundial. O Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), que administra o Fundo de Preparação do Projecto, irá apoiar o arranque inicial usando de suas capacidades nas áreas de gestão financeira, aquisição e salvaguardas.

Para garantir a implementação adequada das actividades do Projecto, o FNDS pretende contratar consultores individuais seguintes:

-Oficial de Salvaguardas Ambientais

-Oficial de Salvaguardas Sociais

-Oficial de Comunicação

-Oficial de Monitoramento e Avaliação

Para mais detalhes, fovor ler o anúncio completo para contratação de Consultores Individuais

FaLang translation system by Faboba

Conheça mais sobre o SUSTENTA
Projecto de Gestão Integrada de Agricultura e Recursos Naturais

play
Assista o video institucional do projecto

Criação e Implementação: DotCom