O Governo de Moçambique com o suporte do Banco Mundial está a elaborar o novo Projecto de Desenvolvimento Urbano do Norte de Moçambique (PUNM ). O projecto terá a duração de 5 anos, nomeadamente de 2022 a 2026, período antecedido de uma fase preparatória com a duração de 12 meses, ora em curso e a terminar no final de 2021.

 

O projecto proposto que deverá apoiar as cidades no Norte de Moçambique que enfrentam os maiores desafios de médio e longo prazo devido ao crescimento urbano acelerado dentro do contexto de fragilidade e conflito da região. Além disso, a situação actual de conflito crescente no Norte do país cria desafios para essas cidades devido a um grande número de refugiados internos que buscam nas áreas urbanas maior segurança aumentando a demanda por acesso a infraestrutura urbana e serviços básicos, terra e habitação num contexto que esses sectores estão limitados, e a inexistência de mecanismos para financiar a expansão necessária para atender a crescente população urbana.

 

O projecto deve ser orientado pelas políticas e normas fiduciárias e de salvaguardas do Banco Mundial. O Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), que administra o Fundo de Preparação do Projecto, irá apoiar o arranque inicial usando de suas capacidades nas áreas de gestão financeira, aquisição e salvaguardas.

 

Para garantir a implementação adequada das actividades do Projecto, o FNDS pretende contratar um Coordenador de Projecto e um Oficial de Gestão Financeira.

 

Para mais detalhes, queira ler aqui o  anúncio completo.

O Governo de Moçambique (GdM), representado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS) com o suporte do Banco Mundial está a elaborar o novo Projecto de Desenvolvimento Urbano do Norte de Moçambique (PUNM), com vista a melhorar o acesso à infraestrutura urbana e as condições de vida em cidades seleccionadas do Norte de Moçambique. Assim sendo, o FNDS pretende aplicar parte do financiamento para a contratação de um Oficial de Aquisições.

Para mais detalhes, favor ler aqui o anúncio completo

O Governo de Moçambique, representado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS), recebeu um financiamento para a Implementação de um projecto com vista a modernização dos Serviços de Administração de Terra e regularização dos direitos de uso da terra em Moçambique, o Projecto Terra Segura. O Projecto é financiado pelo Banco Munidal e pretende aplicar parte desses fundos para a contratação de consultor para desenvolvimento de 07 estudos, no ambito da Revisão da Política Nacional de Terras.

No âmbito do reforço do sistema de administração e gestão de terras com foco no acesso, registo e gestão da informação, em 2015 o Governo de Moçambique lançou o Programa Terra Segura, cujo objectivo principal é de regularizar cinco milhões de parcelas individuais (atribuição de títulos de DUATs) e delimitar quatro mil áreas ocupadas por comunidades locais, garantindo o reforço da segurança dos direitos de uso e aproveitamento da terra, bem como para promover investimentos responsáveis e assegurar o fluxo de benefícios às famílias e comunidades rurais.

The National  Sustainable Development Fund (FNDS) is looking to hire, through MozLand (Terra Segura) Project a highly qualified professional for the post of International Senior Procurement Specialist, who will work within the FNDS as Coordinator of the Procurement Unit.

Please follow the link to access the Terms of Reference

The letter of application should be titled "International Senior Procurement Coordinator for FNDS”

Address:

Praça dos Heróis, Caixa Postal  1406, rés do chão

Tel: 21360957

Edifício do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  and Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Maputo – Moçambique

FaLang translation system by Faboba

Conheça mais sobre o SUSTENTA
Projecto de Gestão Integrada de Agricultura e Recursos Naturais

play
Assista o video institucional do projecto

Criação e Implementação: DotCom